Notícias | Grupo Lena

Saltar para conteúdo
Logótipo: Grupo Lena
Foto Informação InstitucionalFoto Informação InstitucionalFoto Informação InstitucionalFoto Informação InstitucionalFoto Informação InstitucionalFoto Informação InstitucionalFoto Informação InstitucionalFoto Informação InstitucionalFoto Informação Institucional

Notícias 

1, Julho 2014

A Nova Dimensão Grupo Lena - 3D

A Nova Dimensão Grupo Lena - 3D
Nos últimos quatro anos de transformação profunda, o Grupo Lena tem vindo a concentrar-se em novos desafios associados a um lema motivador. Em 2010, deu-se início ao Plano de Transformação apelando aos “Mesmos Valores com uma Nova Atitude”. Este ano representou o aquecimento para um 2011 de “Compromisso com a Ação”.

Nestes 4 anos, 2011 foi talvez o ano mais difícil e mais determinante para o futuro do Grupo Lena. Foi o ano da construção integrada e da reestruturação financeira do Grupo.


Em 2012, aliou-se a ação à focalização. Muita ação sem focalização pode comprometer os resultados. A “Focalização com Sentido” surgiu naturalmente como o desafio de sempre: ser “Um dos principais Grupos Ibéricos ligados à Construção, Ambiente e Energia, com uma presença internacional sustentada, rentabilidades ao nível das melhores práticas e uma estrutura de capitais equilibrada”.

 

A “Internacionalização com Valores” chegou em 2013. O objetivo era, e é, deixar uma marca distintiva em cada um dos mercados internacionais. Este ano foi de mudança estrutural na origem dos negócios: pela primeira vez, o Volume de Negócios é sobretudo gerado fora de Portugal.

 

Enfim, temos um Grupo transformado, simplificado, com menos 150 milhões de euros de dívida, mais margem EBITDA, mais focado estrategicamente, com mais mercados e mais de 4 mil milhões de euros de carteira de obras contratada.


Será com esta confiança que alcançaremos nos próximos 5 anos uma “Nova Dimensão”. Apresentado em 2014, o objetivo geral do Plano “Nova Dimensão – 3D” é, com Diversificação e Desenvolvimento, atingir e consolidar uma Dimensão de negócios superior a mil milhões de euros e EBITDA acima de 150 milhões de euros a partir de 2015.

 

Em termos específicos estão previstas várias ações em cada uma das três dimensões enunciadas no objetivo geral: Desenvolvimento, Diversificação e Dimensão.


Com o Plano “Nova Dimensão - 3D”, objetiva-se faturar mais de 800 milhões de euros neste ano de 2014 e atingir, para consolidar a nova dimensão, os mil milhões de euros de volume de negócios a partir de 2015.


Assim, assumimos 2014 como um ano de transição para a Nova Dimensão onde o compromisso resiliente com o Plano apresentado deverá levar, além dos 800 milhões de euros de negócios, a mais de 100 milhões de EBITDA e mais de 30 milhões de resultados. Estes são objetivos muito ambiciosos face à débil situação do setor em Portugal, no entanto, a consolidação das posições do Grupo na Venezuela, Angola e Brasil, a recuperação esperada na Argélia, a resposta aos investimentos comerciais na Europa Central e Marrocos, a reconquista do mercado de Moçambique e a diversificação para os novos mercados da Colômbia e México, deverão continuar a diminuir o peso do mercado nacional nos negócios e a sustentar o cumprimento dos objetivos definidos.

Em 2018, o Grupo Lena ambiciona ter consolidada a NOVA DIMENSÃO: com Desenvolvimento resultante de melhor gestão do risco, ainda melhor qualidade da informação e atividades exclusivamente no core de Construção, Ambiente e Energia; com Diversificação e inovação em novos mercados com atividades atuais, por um lado, e por outro, em novas atividades do core nos mercados atuais e ainda através da implementação do modelo formativo da Escola de Negócios em todos os mercados; e consequentemente com a Dimensão consolidada através da estrutura financeira e performance económica que garantam acesso ao mercado de capitais e com uma postura comercial que alimente uma carteira de negócios que sustente a NOVA DIMENSÃO.

5, Junho 2014

Lizconstruções lança empreendimento de luxo em Salvador

Lizconstruções lança empreendimento de luxo em Salvador
A Mansão Fernão de Magalhães foi lançada no passado mês de fevereiro. Este empreendimento de luxo, promovido pela Lizconstruções em parceria com a Actitur do Grupo Impala, localiza-se num dos melhores bairros de Salvador, o Horto Florestal, e pretende ser diferenciador pelo conforto e requinte pretendidos.

O edifício é composto por uma torre única de 19 andares. Com 38 apartamentos de luxo de 3 quartos, que vão deste os 850 mil reais aos 1.250 mil reais, cada unidade dispõe de áreas que variam entre os 125,99 m2 e os 185,64 m2 e garagem individual de 3 ou 4 lugares. A infraestrutura é também dotada de diversos espaços de lazer como duas piscinas, quiosque grill, salão de festas, salão de jogos, Fitness/SPA, entre outros.
Para impulsionar as vendas, está já disponível no local um stand e foi promovida em janeiro uma ação de formação com mais de 150 corretores para divulgar este empreendimento.

newsletter